sexta-feira, 8 de junho de 2012

Ao te ver chegar

Ao te ver chegar, me sinto viva...
Teus olhos cor de oliva brilham, são pequenos vaga-lumes
Cativam; e cultivam meus ciúmes, mesmo sendo tão serenos...

Ao te ver chegar, me sinto calma...
Teu cabelo macio se abriga na palma da minha mão
Busca conforto e atenção, sabendo que não sou só sua amiga...

Ao te ver chegar, me sinto leve...
Tua presença, quando breve, deixa gosto de quero mais
Tira minha paz, imprime em minha mente o seu rosto...

Ao te ver chegar, me sinto quente...
Tua pele clara me arrepia, me faz ardente de amor
Espalha teu calor, cria felicidade - hoje mágica tão rara!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário